Vai, e não Peques mais!

Vai, e não Peques mais!

Postado por PATRIZIA GARDONA

Sidney Fernandes

Várias condições são necessárias para que o passe espírita favoreça o candidato ao benefício. A câmara de passes, os passistas e a equipe espiritual devem estar preparados e prontos horas antes da aplicação.

Instantes antes do passe, a palestra elevada, a leitura edificante e a oração contrita dão o toque final para que a vibração venha do Alto, em favor dos necessitados.

Tudo certo? Não falta mais nada? Falta o essencial: a concentração e a adesão da fé irradiante do beneficiado, bem como a sua indispensável contribuição com a moeda do mérito.

***

Um dos casos mais expressivos e importantes para o estudo da assistência magnética é o descrito por André Luiz, em seu livro Missionários da Luz, denominado um caso de décima vez.

Um dos cooperadores espirituais do trabalho de passes procurou o mentor Anacleto para falar do caso de um senhor idoso com o fígado e o baço acusando enorme desequilíbrio.

– Após dez vezes de socorro completo, é preciso deixá-lo entregue a si mesmo, até que adote nova resolução.

André Luiz estranhou aquela inusitada resolução. Anacleto percebeu o seu espanto e explicou que estavam diante de uma situação em que o enfermo havia recebido ajuda, para a extirpação de seus males, por dez vezes seguidas.

— Há pessoas que procuram o sofrimento, a perturbação, o desequilíbrio, e é razoável que sejam punidas pelas consequências de seus próprios atos.

Explicou ainda o mentor que, se as dez oportunidades de benemerência espiritual não redundaram em proveito para os interessados; se, por deliberação própria, continuaram insistindo nos mesmos erros, as instruções superiores determinam que sejam entregues à própria obra, a fim de que aprendam com os próprios erros.

***

Estamos diante de um caso, caro leitor, em que o candidato ao passe, não obstante simpático às atividades espiritualizantes, era portador de temperamento irascível e caprichoso, que o envolvia, constantemente, em brigas e discussões comprometedoras. A cólera e a mágoa eram suas companheiras inseparáveis. Recomendações de preparo para o dia do passe resultaram infrutíferas, pelos ódios que adquiria com facilidade temível.

Foi beneficiado por dez operações de socorro magnético integral, com o alívio de cargas malignas, resultado de pensamentos alheios e dos provocados por ele mesmo. O serviço de libertação, através do passe, foi interrompido por algum tempo, a fim de que o enfermo aprendesse e aplicasse lições novas com valores adequados.

***

Fiquemos com Emmanuel:

Se não guardas o favor do Alto, respeitando-o em ti mesmo, se não usas os conhecimentos elevados que recebes para benefício da própria felicidade, se não prezas a contribuição que te vem de cima, não te vale a dedicação dos mensageiros espirituais.

Debalde improvisarão eles milagres de amor e paciência, na solução de teus problemas, porque sem a adesão de tua vontade, ao programa regenerativo, todas as medidas salvadoras resultarão imprestáveis.

— Vai, e não peques mais.

O ensinamento de Jesus é suficiente e expressivo. O Médico Divino proporciona a cura, mas se não a conservamos, dentro de nós, ninguém poderá prever a extensão e as consequências dos novos desequilíbrios que nos sitiarão a invigilância.

Fontes consultadas: Pão Nosso, Emmanuel e Missionários da Luz, André Luiz

Esta entrada foi publicada em A Família, Artigos, Ciência, Dependência Química, Espiritismo, Transição. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *