Qualidades da Prece

Qualidades da Prece (Por José Antonio da Cruz)

QUALIDADES DA PRECE

“O essencial não é orar muito, mas orar bem”, assim nos orientam os benfeitores espirituais.

O poder da prece está no pensamento, em sua pureza, sinceridade e na humildade daquele que ora, pois quando ditada pelo coração alcança as esferas superiores e reconforta a alma que tem sede de paz.

Por meio da prece, a criatura eleva o pensamento ao Criador, reconhecendo-o como fonte de todas as coisas, permitindo estabelecer a sintonia com os bons espíritos. Pela prece sincera, emitimos e recebemos os bons sentimentos, gerando em torno de nós a proteção necessária contra as energias negativas emanadas por mentes que sintonizam e se comprazem em tal frequência. 

A maneira de um dínamo, gerador de energias edificantes para a alma, a atitude da prece beneficia e promove alívio ante as diversas circunstancias da vida. Por ela, toda criatura desperta em seu interior novas esperanças, desenvolvendo confiança irrestrita em Deus e atraindo para si boas energias e o concurso dos bons espíritos.

Por intermédio deste impulso sublime, absorvemos a força moral necessária para vencer nossas dificuldades, produzindo efeitos transformadores em nosso mundo intimo. É importante lembrar que o diálogo com Deus por meio da prece deve se tornar cada vez mais constante em nossa vida, em razão de estarmos criando afinidades e estabelecendo sintonia a todo instante. Compreendemos então que a qualidade de nossas preces depende da boa intenção e do valor que damos ao nosso pensamento, os quais devem permanecer em harmonia com os sentimentos nobres e sinceros que partem do nosso coração. 

Devido a uma questão cultural e religiosa, carregamos a ideia de que uma boa prece somente terá valor se estiver adornada por belas e longas frases de louvores, ou fórmulas especificas, mas nada disso tem valor ou é santificado no santuário do coração se não manifestarmos um sentimento verdadeiro e puro em nossa alma, eis ai a importância da pureza do pensamento, para que este possa estar carregado de boas intenções, visto que o poder da prece esta no bom pensamento, pouco importa o local ou momento em que vamos realizá-la, bastando para isso, aquietarmos nossa agitação interior para que possamos ouvir a voz que fala em nossa consciência, nos permitindo conectar com a fonte sublime de amor e paz.

Toda ação para elevar do pensamento a Deus, seja pela gratidão que expressamos no dia a dia, ou quando contemplamos a natureza ao nosso redor, tendem a despertar em nós uma profunda ligação com os bons sentimentos, promovendo mudanças de vibrações tanto na alma como em nosso corpo físico. Com o cultivo da prece nos tornamos seres cada vez melhores em virtude da sua ação eficaz em nosso processo de reforma íntima, toda vez que elevamos o pensamento para pedir, louvar ou agradecer, automaticamente nossa consciência passará a verificar faltas que precisam ser corrigidas em nós. Tudo isso resulta em qualidade de vida física e espiritual.

Ocorre que estamos todos mergulhados em um infinito mar de fluido cósmico universal, no qual nossos pensamentos exercem certa influência e se propagam. Este recurso divino, quando adotado com sinceridade e de coração, passa a fazer parte da nossa alimentação diária de boas energias nos garantindo forças necessárias para suportar as vicissitudes da vida.

Portanto, a qualidade das nossas preces não se encontra na fórmula que estamos utilizando para executá-las. E fica aqui o alerta… “o essencial não é orar muito, mas orar bem”, entendendo que para isto devemos colocar a nossa intenção onde realmente esteja o nosso coração. Em se tratando de qualidade da prece, “um único e bom sentimento vale mais que mil palavras”.

José Antonio da Cruz

 *Referências:
____KARDEC. A. O Livro dos Espíritos. Araras (SP): IDE Editora, 2009. – Cap. II – Livro III – Lei de Adoração – Da Prece.
____KARDEC. A. O Evangelho Segundo O Espiritismo. Araras (SP): IDE Editora, 2009. – Cap. XXVII – Pedi e Obtereis.

Esta entrada foi publicada em A Família, Artigos, Espiritismo. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *